FUTEBOL É AQUI

FUTEBOL É AQUI
OLÁ AMIGOS, EM 2017, ESTAREMOS EM UMA NOVA CASA , A RÁDIO 106,3 DE GOIANA PERNAMBUCO , SE DEUS PERMITIR, , LEVANDO AS EMOÇÕES DO FUTEBOL, E CLARO TAMBÉM NA NOSSA WEB RÁDIO STUDIO E, CONTO COM A AUDIÊNCIA DE TODOS!

FUTEBOL AO VIVO

106,3 FM

106,3 FM
FUTEBOL É AQUI

TERCEIRO PROGRAMA FUTEBOLNANET COM JOÃO ELIAS

2º PROGRAMA FUTEBOLNANET.COM , COM O PRESIDENTE DA ACDP IRANIILDO SILVA

PROGRAMA FUTEBOL NA NET .COM

2º BLOCO DO PROGRAMA

3º BLOCO PROGRAMA FUTEBOLNANET.COM

GOL DO NÁUTICO ZÉ MARIO NAUTICO 1 X 0 SPORT

GOL DE THIAGO COSTA BAHIA 1 X 1 SANTA CRUZ

GOL DE FAVIO CAÇA RATO CONTRA O BETIM

SANTA CRUZ 2 X 1 PELO JARDIM MILER

NÁUTICO 1 X 0 PETROLINA

NÁUTICO 2 X 0 PETROLINA ELTON

NAUTICO 3 X 0 PETROLINA ROGERIO

NAUTICO 4 X 0 PETROLINA ROGERIO

NAUTICO 5 X 0 PETROLINA ROGERIO

NAUTICO 6 X 0 PETROLINA

NAUTICO 7 X 0 PETROLINA RENATO

NAUTICO 8 X 0 PETROLINA GEOVANI

SANTA 1 X O FEIRENSE GOL DE PHILCO

SANTA CRUZ 2 X 0 FEIRENSE RENATINHO

SPORT 1 X 1 CONFIANÇA REINALDO

SPORT 2 X 1 CONFIANÇA MARCOS AURELIO

SPORT 3 X 1 CONFIANÇA FELIPE MENEZES

domingo, 22 de janeiro de 2012

Em partida de "4 times", Santa Cruz vence o Serra Talhada de virada por 4 a 2
Equipes se alternaram no domínio do primeiro tempo e fizeram um bom jogo
Daniel Leal - Diario de Pernambuco


Publicação:22/01/2012 18:16
Atualização:22/01/2012 19:34


Quem assistiu ao jogo Santa Cruz e Serra Talhada teve a incrível oportunidade de assistir a quatro times em campo. O Caganceiro começou atacante e acabou atacado. Já o Tricolor, teve um início de time pequeno e terminou o jogo como o gigante que é. Vitória por 4 a 2, de virada, sobre time sensação do Estadual, em pleno estádio Nildo Pereira, em Serra Talhada, na tarde deste domingo. Êxito ainda mais valioso por que o Mais Querido começou o jogo perdendo por 2 a 0 e conseguiu se transformar de maneira comemorável durante o jogo. Boa perspectiva para um time que começou o ano causando desconfiança da sua torcida.

O primeiro tempo teve dois momentos completamente distintos. As duas equipes revezaram entre ótimos e péssimos momentos. Os primeiros vinte minutos foram amplamente do Serra Talhada. Em dez minutos, o time da casa marcou dois gols. Parecia que a Laranja Mecânica faria mais uma partida implacável. A torcida já pedia mais uma goleada. Não era para menos. Atacando rápido, o time da casa encontrava facilidade para chegar ao ataque, frente a um adversário acuado e perdido em campo. Aos cinco minutos, Elton cobrou escanteio e Raniere testou no canto esquerdo: 1 a 0. O Santa Cruz apenas assistia a pressão do adversário e cinco minutos depois, o que parecia inevitável aconteceu. Pênalti para o Serra e Enercino cobrou com perfeição.

Quando tudo levava a crer que o Cangaceiro "assassinaria" mais um oponente de maneira avassaladora, eis uma simples, porém importante, mudança que faria a diferença no jogo. O técnico Zé Teodoro adiantou Renatinho, deixando o lateral como um ponta pela esquerda. Mais atento, o Tricolor não só equilibrou o jogo, como reverteu completamente a situação. Do meio da primeira etapa para frente, o Mais Querido passou a dominar e atacar sob pressão. Deu certo e o empate viria em 20 minutos. Primeiro, Flávio Caça-Rato. O atacante fez boa tabela com Branquinho e mandou no cantinho. Belo gol. Foi, então, a vez do Serra recuar e sentir o golpe do gol sofrido. Era pressão total coral, quando, aos 42 minutos, após bate-rebate na área, a bola sobrou para Eduardo Arroz colocar a bola no mesmo cantinho encontrado por Caça-Rato. Parecia até replay ver a bola entrando. Era o fim de um primeiro tempo rigorosamente igual.

Carregado por Weslley, o Santa Cruz começou o segundo tempo da mesma maneira: pressionando e atacante como soberano no jogo. Em cinco minuto, Renatinho, Natan e Branquinho perderam gols incríveis e o Serra ainda teve o volante Elton expulso, ao tomar o segundo amarelo corretamente. Virou um jogo de ataque contra defesa. O Tricolor dominava as ações da partida e era impressionante as seguidas oportunidades seguidas que o time perdia diante do passivo Serra.

Nervoso com o excesso de preciosismo do time, Zé Teodoro começou a reclamar muito da arbitragem e foi expulso. Perdeu de ver o golaço de Wesley. O melhor jogador em campo foi coroado com um chutaço de longa distância. Pegando "na veia", o meia viu bola percorrere morrer no ângulo. Ainda deu tempo para Léo fazer mais um gol no acréscimo. Goleada. Era o gol da vitória e da redenção tricolor.

Ficha técnica

Serra Talhada 2
Bruno; Rogério (Joãozinho), Alex Costa, Raniere e Janeílton; Marcondes (Canhoto) , Jaíldo, Élton e Enercino (Rincon); Erick e Caio.
Técnico: Reginaldo Souza.

Santa Cruz 4
Tiago Cardoso; Eduardo Arroz (Jeferson Maranhão), Éverton Sena, André Oliveira e Renatinho; Anderson Pedra (Chicão), Memo, Natan (Léo) e Weslley; Flávio Caça-Rato e Branquinho.
Técnico: Zé Teodoro.




Local: Estádio Nildo Pereira. Árbitro: Nielson Nogueira Dias. Assistentes: Erich Bandeira e Wilton Lins. Gols: Raniere, Enercino (ST); Flávio Caça-Rato, Eduardo Arroz e Weslley e Léo (SC) Cartões amarelos: Alex Costa, Élton, Rincon (ST); André Olveira, Éverton Sena, Weslley, Flávio Caça-Rato (SC). Cartão Vermelho: Elton (ST). Público: 5.036 Renda: R$ 35.285



SPORT


Sport e Petrolina ainda não tem local definido
Partida só acontece na Ilha do Retiro se não chover. Outros três estádios podem receber a partida nesta segunda-feira
Brenno Costa - Diario de Pernambuco


Publicação:22/01/2012 21:30

O local da partida entre Sport e Petrolina ainda é uma interrogação. A escolha do estádio do embate entre as equipes, segundo o diretor da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), Murilo Falcão, dependerá da vonta de Deus. Afinal, a partida só acontecerá na Ilha do Retiro se as chuvas derem uma trégua na capital pernambucana. Do contrário, três estádios servem como opções para o embate que vale pela terceira rodada do Estadual.

Arruda, Aflitos e Ademir Cunha são os lugares cotados como substitutos para ser a casa rubro-negra às 20h desta segunda-feira. A decisão será divulgada pela FPF após uma nova vistoria na Ilha do Retiro. O diretor Murilo Falcão evitou falar em horário para o início da nova inspeção no gramado rubro-negro, mas disse que o local da partida será escolhido o mais cedo possível. "Temos que fazer a avaliação na Ilha logo cedo. Até às 9h ou 10h temos que tomar a decisão para decidir o local da partida", disse. "Em princípio, o jogo está mantido lá. Mas tudo vai depender da vontade de Deus", acrescentou.

O adiamento da partida entre Sport e Petrolina também deve causar um efeito dominó. Isso porque os confrontos Belo Jardim x Sport e Petrolina x Serra Talhada têm grandes chances de passar da quarta para a quinta-feira. Algo que tiraria um dia de preparação do clássico leonino contra o Náutico, no próximo domingo.



NÁUTICO

Waldemar Lemos fala pouco em falhas e valoriza a obediência tática do Timbu
Treinador mostrou-se mais otimista com o desempenho da equipe, na vitória sobre o Araripina, e preferiu não destacar a necessidade de corrigir erros de jogo
Tiago Cisneiros - Superesportes


Publicação:21/01/2012 21:37
Atualização:21/01/2012 21:45

Ao término da partida contra o Araripina, pela terceira rodada do Pernambucano 2012, o técnico Waldemar Lemos mudou um pouco o discurso e se mostrou mais satisfeito com o desempenho do Náutico. Embora o time tenha caído de produção no segundo tempo e até sofrido pressão do adversário, o treinador preferiu deixar as falhas de lado e valorizar a obediência tática dos seus jogadores, que levou o Timbu à terceira vitória consecutiva (por 1 a 0) e o manteve na liderança do estadual. Amanhã, os alvirrubros só poderão ser ultrapassados pelo Serra Talhada no saldo de gols.

Waldemar Lemos destacou o posicionamento de Cascata e Eduardo Ramos, que jogaram juntos pela primeira vez, com a missão de municiar Rogério, único titular do ataque alvirrubro no duelo contra o Araripina. Questionado sobre a escolha em montar a equipe no 4-5-1, com três volantes e sem um homem de referência na frente, o treinador falou em versatilidade. "No futebol, a gente precisa ter algumas variações de jogo", afirmou.

A necessidade de corrigir os erros, salientada por Waldemar nos dois primeiros jogos do campeonato, desta vez, não teve muito espaço nas entrevistas. O "paizão", inclusive, afirmou que o time não caiu de produção na segunda etapa e soube se portar bem durante a partida, impedindo a armação de jogadas no meio-campo do Araripina e segurando o resultado de 1 a 0. "A pressão do adversário é normal, já que o estádio estava lotado e, em casa, o time tem aquela obrigação de vencer. Mesmo assim, criamos um bom número de oportunidades no segundo tempo. Acredito que temos bastante condição de seguir bem na competição."



Na única vez em que mencionou os erros cometidos pela equipe, o treinador preferiu responsabilizar o calendário apertado do Pernambucano. "A gente vai consertando isso com o passar do tempo. Infelizmente, não podemos trabalhar durante a competição", disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OUVINTE VIP

OUVINTE VIP
ESSA É MINHA ESPOSA EVALÚCIA , EM UM DOS RAROS MOMENTOS, ME ACOMPANHANDO NA MINHA CABINE NA ILHA DO RETIRO NO JOGO SPORT 4 X 0 BAUERI

NOVA LOGOMARCA DA FEDERAÇÃO PERNAMBUCANA DE FUTEBOL

NOVA LOGOMARCA DA FEDERAÇÃO PERNAMBUCANA DE FUTEBOL

ELIAS PEREIRA PUBLICIDADE

ELIAS PEREIRA PUBLICIDADE
ELIAS PEREIRA PUBLICIDADE E STÚDIO E ,PROPAGANDAS COM GRAVAÇÕES DE QUALIDADES, NAS CIDADES DE CAMUTANGA, FERREIROS, JURIPIRANGA, ITABAIANA E TIMBAÚBA, LIGUE 81-8758 -5294 E 81-9196-7698